Curso de Formação para Coordenadores Regionais e Arqui/diocesanos da Regional Nordeste 3

A Pastoral da Saúde Nacional, em parceria  com  o Regional  Nordeste 3, realizou curso de formação para coordenadores regionais e Arqui/diocesanos. O evento foi realizado no período de 23 a 25 de novembro de 2018. E, teve como objetivo implantar/implementar a Pastoral da Saúde nas dioceses, Paróquias  da área de abrangência do Regional.

A capacitação contou com a presença de 16 participantes das dioceses de: Salvador, Juazeiro, Bom Fim, Paulo Afonso, Feira de Santana, Vitoria da Conquista, Camaçari, Alagoinha, Aracaju, e Estância.

Assuntos abordados durante o evento:

·         Discípulos Missionários “ Sal da Terra e Luz do Mundo”;

·         Dimensão Solidária;

·         Dimensão Comunitária;

·         Dimensão Político- Institucional;

·         Planejamento Pastoral;

·         Práticas em Planejamento;

·         CF – Violência no Trânsito

A equipe da Coordenação Nacional esteve presente e atuante durante o evento, incluindo Dom Roberto Francisco, bispo de Campos dos Goytacazes e referencial da Pastoral da Saúde Nacional-CNBB. “É uma das pastorais que tem um trabalho muito forte em políticas públicas, tendo em vista que a saúde é importantíssima para a vida e a vida em abundância que Jesus veio trazer”, explicou Dom Roberto.

Mesmo estando no início dos trabalhos de rearticulação, Dom Roberto avalia como positivo o empenho dos agentes que já atuam nas Arqui/Dioceses da Bahia e do Sergipe. “Vejo a qualidade dos agentes, muita gente bem focada no trabalho das três dimensões. As vezes o trabalho fica apenas nas visitas aos doentes, mas esquecem que a Pastoral da Saúde é um todo que procura a dimensão solidária da visita, mas a dimensão comunitária de toda a Igreja que vai ao encontro do doente, a presença da Igreja no mundo e, terceiro, lutar por um mundo em que as pessoas tenham vida. O que a gente está vendo é a privatização da saúde e a exclusão de muitas pessoas. É esperançoso ver o quadro do Regional Nordeste 3”, comentou.

A agente da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Salvador, Vera Lúcia Gonçalves também comemora a realização desse encontro. “Está sendo muito gratificante o encontro. Já faz tempo que fazemos o trabalho na Arquidiocese de Salvador e sempre sentimos o desejo de ver essa Pastoral organizada no Regional. Daremos o ponta pé inicial para a criação de uma coordenação regional. Temos algumas dioceses representadas e percebemos que quem está aqui tem muita vontade de dar o melhor pela Pastoral”.

O coordenador nacional da Pastoral da Saúde, Alex Motta, lembrou aos participantes o quanto a missão de cada um é exigente. “A missão do agente da Pastoral da Saúde é um desafio diário. Esse agente deve estar comprometido com o bem comum na sua comunidade, nas unidades hospitalares e nos Conselhos Municipais de Saúde. Como leigos e leigas somos convidados a assumirmos a nossa missão de promover o bem a todos”, pontuou. Alex Motta também ressaltou a importância da presença da coordenação nacional em encontros como esse. “Estamos felizes com a realização desse encontro. Queremos fazer uma aproximação da coordenação nacional com os agentes da Pastoral nos Regionais. Mesmo com tanta tecnologia de comunicação ainda sentimos dificuldades em dialogar com todos”.

O coordenador nacional da Pastoral da Saúde, Alex Motta, lembrou aos participantes o quanto a missão de cada um é exigente. “A missão do agente da Pastoral da Saúde é um desafio diário. Esse agente deve estar comprometido com o bem comum na sua comunidade, nas unidades hospitalares e nos Conselhos Municipais de Saúde. Como leigos e leigas somos convidados a assumirmos a nossa missão de promover o bem a todos”, pontuou. Alex Motta também ressaltou a importância da presença da coordenação nacional em encontros como esse. “Estamos felizes com a realização desse encontro. Queremos fazer uma aproximação da coordenação nacional com os agentes da Pastoral nos Regionais. Mesmo com tanta tecnologia de comunicação ainda sentimos dificuldades em dialogar com todos”.

Presente no Encontro, o arcebispo emérito de Feira de Santana e referencial da Pastoral no Regional, Dom Itamar Vian, avalia o encontro como um passo importante na consolidação dos trabalhos da Pastoral. “A partir desse encontro será organizada a Pastoral da Saúde a nível de Bahia e Sergipe. É um primeiro passo, mas creio que tudo vai dar certo porque essa é uma pastoral que deve ter prioridade em todas as instâncias da Igreja”, afirmou Dom Itamar.

Como conclusão final, foi formado um grupo de coordenação no Regional Nordeste 3, assim composta:

Coordenador – João Paulo Monteiro da Rocha – Diocese de Estância

Vice Coordenador – Katia Margareth Lins da Silva – Diocese Aracaju

Secretário –  Flávia Maria Cavalcante Barros – Diocese de Juazeiro

Tesoureiro – Elza Rita de Mattos – Diocese de Alagoinhas

Assessor espiritual – Dom Itamar Vian – Diocese de Feira de Santana

Desta forma, agradecemos a Equipe do Regional Nordeste 3, pelo apoio,  dedicação na organização do evento, em especial, Dom Itamar Vian, arcebispo emérito de Feira de Santana e referencial da Pastoral no Regional que se fez presente durante todo o evento, colaborando por meio de sua experiência como pastor e conhecedor da região, para o bom desenvolvimento das atividades.


One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *